#23 – O que é Construção biomimética

Você já se perguntou como a natureza pode ser tão perfeita? E como ela consegue solucionar problemas? Nesse post, vamos falar de biomimética.

Se você se deparou com um beija-flor voando enquanto pousava sobre alguma flor, bem provavelmente, tenha se questionado sobre de que maneira é possível.

Se você não é um ornitólogo¹ você não sabia que a agilidade dessa ave é garantida pela velocidade do batimento de suas asas, muito maior que a de outros pássaros e o verdadeiro segredo é outro. “Ao contrário das outras aves, o beija-flor não agita as asas para cima e para baixo, mas para a frente e para trás, na horizontal” e como a ligação da asa com o corpo não é rígida, ela pode ser revirada como uma hélice. Assim, de maneira semelhante a um helicóptero, formam-se redemoinhos de ar que mantêm o pássaro pairando.

Você deve estar se perguntando por que eu estou falando desse voo tão especial.

Pois ele se assemelha muito a um helicóptero. Ou seja, seu fundamento poderia ser utilizado em outra aplicação. E exatamente esse pensamento que a construção biomimética se baseia.

“A biomimética é uma corrente de design inteligente que proporciona maior eficiência e funcionalidade dos
ambientes”

Biomimética é uma ciência que estuda os meios criativos que a natureza tem para se adaptar, crescer e viver. Utiliza ecossistemas e organismos como inspiração.

A natureza como insetos, animais, plantas e minerais. Foram a base de milhares de soluções.

Construção biomimética

Um dos exemplos que podemos falar sobre biomimética é o  velcro Desenvolvido a partir de 1941 pelo engenheiro George de Mestral a partir da observação de sementes de grama dotadas de espinhos e ganchos que se prendiam nos pelos de seu cão.

Outro exemplo que podemos dar, são as superfícies de baixo atrito. Inspirada na forma como a pele dos peixes reage ao contato com a água, essa tecnologia, aplicada ao seu traje de natação, ajudou o nadador Michael Phelps em suas conquistas nas piscinas. A mesma tecnologia tem sido aplicada Também em cascos de navios, submarinos e mesmo aviões.

A biomimética prova que, além das deslumbrantes paisagens e da infinidade de recursos, a natureza tem diversas soluções que podem contribuir para o
desenvolvimento da arquitetura sustentável, ajudando na criação de projetos duradouros. Quando unida à ciência, a biomimética contribui para a qualidade de vida da sociedade como um todo.

Sendo assim, construção biomimética é uma metodologia construtiva, os projetos são desenvolvidos observando a natureza e vendo quais soluções ela apresenta para problemas semelhantes.

Pode-se assim, se construir projetos revolucionários e que não agridam o meio ambiente.

Qual é a importância da construção biomimética?

Atualmente a construção gera muitos resíduos para o meio ambiente. E como sabemos muitas organizações não se preocupam com do descarte correto desse resíduos.

É importante ter em mente que existem multas, penalizações e embargos para quem não respeita a natureza. Além de despesas financeiras, esse a construção biomimética diminui o esgotamento dos recursos naturais do nosso planeta e ameniza o risco todas as formas de vida existentes.

Essa busca pelas soluções biomiméticas, podem ajudar também a reduzir custos de iluminação, optando por soluções de iluminação natural.

Teste observar como a natureza se comporta em ambientes secos e não ventilados. De lá virão grandes soluções para ventilar melhor a construção.

Na construção biomiméticas todos os pontos convergem para o mesmo lugar. Sempre focar na sustentabilidade. Percebendo que, a natureza sempre se reinventa.

A construção biomimética, cria uma relação harmoniosa entre o ser humano e o ambiente, enfatizando a importância de uma sociedade ecologicamente correta e mais eficiente.

Como consumidores temos que estar atentos para isso. Com clientes conhecedores de sustentabilidade de saber que é possível ter uma construção mais sustentável. Conseguimos mudar o tipo de engenharia adotada atualmente.

Saiba mais no nosso blog 

Compartilhe!

Deixe um comentário

Rolar para cima